Eleições para o CONUNE terminam em agressão, abuso sexual e prisões

Publicado: 14/06/2011 em Uncategorized

Na última segunda-feira (13), três estudantes e integrantes do Movimento 89 de junho foram agredidas, uma delas inclusive, foi abusada sexualmente por membros da atual gestão do Diretório Central dos Estudantes da PUCRS (DCE PUCRS). Os acontecimentos ocorreram porque as três acadêmicas foram reivindicar sobre a falta de legitimidade do processo eleitoral para a 52º edição do Congresso da UNE que ocorre no mês de julho em Goiânia.

Os alunos tentavam votar para o processo eleitoral e não foram permitidos. A estudante Tabata tentava levar a urna para fora para que todos os estudantes pudessem realizar a votação e foi acusada de ladra e intimidada pelos membros da atual gestão do DCE da PUCRS como  mostra no vídeo.

Três chapas foram impugnadas pela atual gestão do DCE da PUCRS ‘injustamente’ com o objetivo de que o Movimento Estudantil não represente a universidade no Congresso. Os quatro membros ligados à atual gestão do DCE da PUCRS envolvidos nos crimes de agressão e abuso sexual já estão detidos. O fato que acontece hoje, se soma aos inúmeros episódios de violência contra mulher, abuso sexual e até um caso de homicídio envolvendo um ex tesoureiro do DCE ligado a este mesmo grupo,

É importante que saibamos que este levante protagonizado pelo Movimento 89 de junho e apoiado por diversas entidades e diferentes setores da sociedade está recém começando. O Movimento tem como lema a frase “nós não vamos parar” e assim seguirá até estas pessoas de má índole forem derrotadas por todas as estruturas. O Movimento 89 de junho convoca você estudante para juntar-se a nós nesta luta que nos renderá grandes frutos no amanhã, não só para o Movimento 89 de junho mas também, e principalmente, para a sociedade civíl.

Anúncios
comentários
  1. FORA DCE disse:

    Nao precisa nem contestar a fala do brozoza, basta mostrar esse vídeo!

    Ainda depois de humilhadas, espancadas e abusadas, permaneceram no chao sofrendo ameaças e xingamento por parte dos integrantes do “DCE” enquanto seguranças da PUCRS preocupavam-se em nao deixar os outros chegarem perto.

    CRIMINOSOS E CONIVENTES VAO CAIR JUNTOS!

  2. CONTRACULTURA disse:

    Segundo os seguranças da PUCR$, questionados por não defenderem os estudantes: “nós defendemos o patrimônio”. COMO SE OS ESTUDANTES NÃO FOSSEM O MAIOR PATRIMÔNIO QUE ESSA INSTITUIÇÃO MERCENÁRIA, QUE SE DIZ FILANTRÓPICA,TEM!!!!!!!!!!!

  3. Terrível!
    Tamanha a mediocridade me dá asco. E contra isso, contra este asco, só há a minha vontade e desejo transformar esta balburdia em outro aspecto da realidade. Transformar a realidade com outra significação política, seja ela teórica ou prática. Seja como estudante e trabalhador.
    Eu penso e creio, que não justificativa ou desculpa para a atitude tomada pelos membros do DCE PUC RS, que estavam envolvidos no lamaçal retratado no vídeo.
    Brunno Amâncio Marcos
    Graduando em Filosofia – UFF
    CAFIL UFF
    DCE UFF

  4. Joilson disse:

    Infelizmente a “partidarização” que assola o movimento estudantil – em especial os DCE’s da maioria das universidades brasileiras, me faz crer a cada dia que a ditadura disfarçada que vivemos no país não se restringe mais apenas às instituições “oficiais” do Estado, mas a cada vez mais se instala também nas universidades e até mesmo nas escolas de ensino médio.

  5. Pietra Sabino - UFRJ / Direito disse:

    Que vergonhoso gente.
    Eu nunca vi tamanha violência… Enquanto eu via os gritos de socorro da mulher, sentir na pele o desespero do homem que queria ajuda-lá.
    Como pode pessoas agirem dessa forma?
    Como essa instituição pode permitir isso? Como deixam criminosos dessa espécie utilizar o DCE dessa forma?
    Todos terão que pagar!
    TODOS!

  6. Giovanna Puebla disse:

    GENTE, QUE DESESPERADOR!
    Impossivel chamar esses trogloditas mimadinhos de pessoas, quando mais, colegas!
    Ouvi o depoimento da Tabata pela radio… Justica seja feita! e que se divulgue este video para os “responsaveis” na puc tomarem as devidas providencias, porque enchem a boca pra sair por ai falando em serem bons cristaos, mas admitem que esse ultraje ocorra dentro de seus dominios (muito bem pagos, por sinal)…

    Muita for’ca pro movimento 89 de junho e melhores dias pra essas gurias que foram la meter o dedo na cara desses valentoes de merda.

  7. […] durante protestos contra o DCE que vinham acontecendo há uma semana, integrantes do Diretório agrediram fisicamente duas garotas, sob o olhar dos seguranças da universidade. Então, nesta terça, Zero […]

  8. Isadora Alves disse:

    Estou tentando acompanhar tudo e claro, fico indignada com o que acontece! Muito bom o movimento, estão de parabéns! Tentei me juntar às manifestações mas dei azar de sempre ter alguma aula importante ou até prova nos horários das passeatas e tal.
    Uma unica duvida, onde entra história de abuso sexual? Obrigada.

  9. G disse:

    IDIOOOTA, OPORTUNISTAA, SE JOGA NO CHÃO, LADRA!!!! UNIVERSIDADE É PRA QUEM QUER ESTUDAR, NÃO UM LUGAR PRA SE FAZER BAGUNÇA-POLÍTICA.

  10. Íris disse:

    Infelizmente assistimos a mais uma vergonhosa manobra política objetivando monopolizar o poder na direção da UNE… episódios no mesmo sentido porém sem a mesma violência se repetem Brasil a fora… temos na PUC Goiás a Diretora Nacional da UNE como caloura de Serviço social e a mesma monopolizou todas as informações sobre o processo eleitoral do CONUNE para o DCE que traz em sua história mais de 15 anos de hegemonia na direção da entidade (atrelada a partidos políticos e ao governo do estado de Goiás…)para piorar a situação a tal “lider” forjou um golpe no qual se unificou as eleições do CONUNE com a da UEE sem que nós estudantes ficássemos sabendo… a situação aqui está absurda companheir@s!!! minha solidariedade às coompanheiras agredidas!!! verdadeiras Guerreiras!!!

Comente, divulgue, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s