Grupo político dirige DCE da PUCRS há mais de 15 anos (comprovado pelo jornal Sul 21)

Publicado: 15/06/2011 em Uncategorized

Por Felipe Prestes

A atual disputa política no movimento estudantil da PUCRS tem o mesmo pano de fundo das outras rusgas que vêm acontecendo nos últimos anos na universidade. Estudantes ligados a partidos e movimentos de oposição batem de frente com o mesmo grupo político que comanda a instituição há pelo menos 16 anos. 

 É prática comum entre organizações partidárias e políticos utilizar as entidades estudantis como instrumento para busca de votos entre a juventude. Entretanto, salta aos olhos tamanho período em que o mesmo grupo se mantém no comando do DCE da PUCRS. Na Ufrgs, por exemplo, na última década dois grupos rivalizaram a hegemonia, um ligado ao PT; outro, a partidos mais à esquerda, como PSOL e PSTU. Além disto, nos últimos dez anos também já dirigiram o DCE da universidade federal uma chapa ligada ao PP e outra formada por anarquistas. Gerações diferentes, mas afinadas O atual presidente do DCE da PUCRS, Thiago Brozoza, assumiu o cargo 14 anos depois do vereador Mauro Zacher (PDT), que presidiu o órgão em 1997. Brozoza já apoia politicamente o vereador há pelo menos sete anos. Em 2004, quando Zacher se elegeu vereador pela primeira vez, Brozoza doou R$ 1,1 mil para a campanha do pedetista, segundo o Transparência Brasil. Em 2006, o atual presidente do DCE estagiou na Secretaria da Juventude, sob a gestão de Zacher (conforme página 6 do Diário Oficial do município, de 22 de dezembro de 2006). Blog do “A Grande Virada” publicou apoio a Mauro Zacher em eleição para deputado

| Reprodução/Sul21

Presidentes recentes do DCE, anteriores a Brozoza, e vários membros da atual direção do diretório fazem parte de um grupo chamado A Grande Virada Estudantil. O grupo apoiou abertamente Mauro Zacher para deputado estadual no ano passado, como pode ser conferido no blog do movimento e neste vídeo em que o ex-presidente do DCE, Jorge Murgas, declara apoio à candidatura de Zacher. Com pouco mais que 22 mil votos, o candidato acabou ficando na suplência. Voltando mais no tempo, um exemplo ilustrativo é analisar a direção do DCE da PUCRS que assumiu no segundo semestre de 2002. Dos seis componentes que tomaram posse, quatro já doaram dinheiro para campanhas de Mauro Zacher – e já faziam cinco anos da gestão do pedetista à frente do DCE. Filipe Tisbierek (presidente) e Fabrício Dutra (secretário-geral) colaboraram com a campanha à vereança em 2004. Paulo Rizzardi (1º secretário) e Joni Wagner (comissão de finanças) apoiaram a campanha a deputado estadual em 2010. Em fevereiro de 2011, Wagner foi nomeado assessor da bancada do PDT na Câmara dos Vereadores de Porto Alegre (página 9 do Diário Oficial de 4 de fevereiro deste ano). Fabrício Dutra é assessor do ministro do Trabalho Carlos Lupi, também do PDT. Passado já remoto A hegemonia é anterior à gestão de Mauro Zacher no DCE, em 1998. Antes dele, o atual vereador de Porto Alegre Luciano Marcantônio, do PDT, presidira a entidade em 1995. Marcantônio apoiou no ano passado a candidatura de Zacher a deputado estadual. Também antes de Mauro, o irmão dele, Flávio presidiu o DCE da PUCRS. Outro que presidiu o DCE da Pucrs foi Rafael Fleck, que depois se tornou coordenador do ProJovem em Porto Alegre, sob a gestão de Mauro Zacher na Secretaria da Juventude, atuação que está sendo investigada pela CPI do ProJovem na Câmara dos Vereadores.

Vereador diz não ter relação com o DCE Em conversa por telefone com o Sul21, Mauro Zacher se mostrou bastante incomodado com insinuações de ligação entre ele e a atual gestão do DCE da Pucrs e evitou falar sobre o tema. Zacher negou qualquer elo atual entre ele e o diretório acadêmico. Afirmou que, no máximo, há simpatizantes de seu trabalho entre alunos de universidades. Nesta segunda-feira (13), estudantes tiveram reunião com a presidente da Câmara dos Vereadores, Sofia Cavedon, e com outros parlamentares de Porto Alegre. Zacher apareceu no final da reunião e disse, segundo o “Jornal do Comércio”, ter conversado com integrantes da atual gestão do DCE. O vereador disse dar apoio aos manifestantes e reafirmou não ter nenhuma influência no diretório, afirmando, inclusive, que os integrantes do DCE ficaram incomodados com sua interferência.

Fonte: Sul 21

Anúncios
comentários
  1. Artur Azevedo disse:

    Vamos mandar nossa causa ao proteste já http://cqc.band.com.br/protesteja.asp

Comente, divulgue, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s