FORA MAURO ZACHER! Não nos representa!

Publicado: 16/12/2011 em Uncategorized

Image

A votação que ocorreu nesta segunda-feira, 12/12, foi mera formalidade para instituir no cargo de presidente da câmara dos vereadores, o mandachuva do PDT do Estado, e legítimo FILHO DA PUCR$, MAURO ZACHER.

Na PUCR$ Mauro Zacher é persona non grata! conhecido dos alunos da PUCR$, por participar do grupo mafioso que dirige o diretório central de estudantes, DCE, por 20 anos. Participou nominalmente de quatro gestões, tendo demorado mais de dez anos para se formar, enquanto recebia uma “bolsa informal” da PUCR$ por seus serviços políticos, como ele mesmo afirma (vide processo 1002634726 que tramita na 7ª vara cível). Coincidentemente, ou não, durante sua presidência no DCE é que houve o trágico e obscuro assassinato do estudante Fábio Borba, cuja investigação permanece atravancada até hoje.

             Ao longo de todos esses anos nunca houve prestação de contas, mas subitamente houve muita verba de campanha para eleição dos ex-presidentes Luciano Marcantônio, Mauro Zacher e até uma vaguinha como seu chefe de gabinete para o também ex-presidente e atual advogado do DCE Rafael Fleck. A estreita relação deste grupo com a PUCR$ já foi inclusive motivo de viagem da base Pedetista de Porto Alegre a Brasília para pleitear a permanência de isenção fiscal para classificar a rentabilíssima PUCR$ como filantrópica.

Na juventude ele (Mauro Zacher) não nos representa!

          Não bastasse o que o PDT faz na PUCR$, o grupo segue investigado pela Polícia Federal em virtude do desvio de R$ 11 milhões do programa Projovem da Secretária Municipal da juventude, do qual Mauro Zacher e Rafael Fleck eram os responsáveis. Verificaram-se fraudes na dispensa de licitações, pagamentos de contratos e contratação de funcionários (o atual presidente do DCE da PUCR$ e seu antecessor recebiam como educadores através da verba do programa). Em meio a ameaças de morte e diversas denúncias de irregularidades a CPI que deveria apurar tais fatos se negou, todavia a PF e o MP seguem no caso. Com receio de que a população tivesse acesso a verdade o vereador ainda tentou bloquear seu nome em sites de noticia da internet (vide ação 1.11.0249386-5), por intermédio de advogado Rafael Fleck, (ex-presidente do DCE/PUCR$). Como resposta, a Juíza declarou que não há indícios de as notícias “sejam inverídicas ou de que tenham extrapolado os limites do tolerável”.

 Afinal quem rouba merenda de crianças, frauda eleições, rouba dinheiro dos estudantes, falsifica bolsas, ameaça pessoas e envolve-se em assassinatos, afinal quem explora os trabalhadores não nos representa!

Anúncios
comentários
  1. Vocês merecem mais é apanhar muito mesmo, corja de vagabundos… venham fazer tumulo na porta de minha casa para vocês descobrirem como é que se agride vagabundos que nem vocês de verdade, venham, por favor.

    Comunistinhas de botique que vivem ás custas da mesada do papai… vão tomar no cu.

Comente, divulgue, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s